Meu olhar Minha vida, Vida empreendedora

Entre mulheres

Sempre tive muitos amigos, mas minhas relações mais profundas em sentimento estão em grande maioria com as minhas amigas mulheres. Conseguimos nos desprender de algumas questões particulares enquanto trocamos ideias, confidências ou causos do cotidiamo, enraizando a cumplicidade, com sinceridade e peito aberto. Acho que parte das boas relações femininas são assim. Uma força que inspira e energiza a outra.

******

Trabalhar com o público feminino, criando uma marca do zero, é desafiador. Com as minhas limitações de empreendimento e dinheiro, vou produzindo e construindo uma história de respeito à nossa inteligência e autoestima, com as devidas proporções do que somos em ação atual: uma pequena empresa de acessórios na menor capital do Brasil.

Estamos na segunda etapa da campanha Mulheres Inspiradoras, com vídeos de aracajuanas (ou que escolheram Aracaju para viver), contando um tanto do ‘ser mulher’ em 2016. Como empreender e ser mãe, tomar posição firme na liderança dos negócios, a confiança de ser quem você é, vencer barreiras e preconceitos.

******

Nossos desejos e pequenas ações se fundem em relações bacanas de se ter, numa troca espontânea de sorrisos, ideias, novas formas de perceber a vida. Aprendo com estas mulheres. Seus medos e inseguranças às vezes são tão parecidos com os meus, vencidos por uma vontade de se surpreender. Da identificação, vem a troca. Olho no olho e empatia. Finalmente vivemos um momento de sororidade entre nós, mulheres. O recorte de gênero que faltava para seguir avançando.

Anúncios